ACNE – UMA DOENÇA BACTERIANA

O PAPEL DO CONSULTOR DE PELE

Em casos de acne o papel do consultor de pele é fundamental.
Ele precisa saber avaliar o grau de acne do seu cliente, entendendo que apenas a de Grau I poderá ser tratada com cosméticos.

A partir do Grau II é necessário avaliação e tratamento com uma esteticista e/ou dermatologista.

Se o consultor não tiver esse conhecimento ele pode colaborar para o agravamento do quadro acneico do seu cliente.

Ao contrário, se entender sobre graus de acne, ativos cosméticos para trata-la, equilíbrio entre óleo e água na pele e outras informações que foram passadas nesse artigo sobre o assunto, poderá ser de grande valia para seu cliente, ajudando-o a tratar e até mesmo a resolver o problema.